Coldplay e BTS cantam para vencer silenciadores no clipe de “My Universe”

Com direção de Dave Meyers, o vídeo se passa em três planetas diferentes e acompanha três bandas que se juntam para confrontar um cenário futuro em que a música é proibida

30 setembro, 2021

Nesta quinta-feira (30), cerca de uma semana após a chegada da música às plataformas digitais, Coldplay lançou o clipe de “My Universe” em parceria com o BTS. Com direção de Dave Meyers, o vídeo é grandioso e se passa no universo criativo do novo álbum do Coldplay.

Em um cenário futuro em que a música é proibida entre todas as esferas, três bandas em três planetas diferentes desafiam a censura e contam com a ajuda da DJ Lafrique para unir forças contra os silenciadores. Direto de sua nave e com as funcionalidades de sua rádio alienígena, a DJ utiliza uma tecnologia intitulada “holoband” e consegue juntar Coldplay, BTS e Supernova 7 por meio de hologramas. Mesmo assim, os silenciadores insistem em caçar as três bandas.

Com muita dança, efeitos visuais e versos que alternam entre inglês e coreano, Coldplay e BTS apostam em uma narrativa envolvente para passar a mensagem que encerra o clipe e que defende que “somos todos um no universo”.

Assista:

No vídeo, Coldplay canta direto do planeta Floris, enquanto BTS está no planeta Calypso e a banda Supernova 7 no planeta Supersolis. Os três integram o “The Spheres”, sistema solar fictício que foi criado especialmente para dar vida ao universo do álbum “Music Of The Spheres”. Ainda compõem o sistema os planetas: Epiphane, Neon Moon I, Kaotica, Echo, Kubik, Ultra, Neon Moon II, Infinity Station, Coloratura e Aurora.

Todos os planetas aparecem no pôster que, mais cedo, marcou o anúncio oficial do lançamento do clipe e que foi assinado pelo brasileiro Felipe Foster. “Estou muito honrado e feliz por fazer parte desse projeto gigante. O pôster levou muitas horas para ficar pronto e foi um trabalho árduo, mas valeu a pena. Essa é a sensação de um sonho realizado”, escreveu o brasileiro responsável pelo design do pôster.

Outro ponto interessante do vídeo está nos Silenciadores. Além da concepção interessante de apresentar uma nave cheia de antenas com aspecto de espinhos, a ideia dialoga com a era “Mylo Xyloto” (2011), quando Coldplay desenvolvia a narrativa de que os silenciadores tinham o objetivo de tirar as cores e os sons das ruas.

Concept art by One Pixel Brush via François Audouy/Reprodução

Contra os que insistem em silenciar qualquer som e diferença, o vocalista Chris Martin já dá o recado logo nos primeiros segundos de clipe, quando vê uma placa com o aviso “sem música” e usa uma tinta spray para mudar o texto e legitimar a ideia de que todas as músicas são permitidas.

Coldplay gravou a sua parte do clipe de “My Universe” no dia oito de julho deste ano. A banda viajou para a Espanha e filmou direto das Piscinas de Castellnou, em Rubí (parte da Catalunha). A parte do BTS foi gravada em Seoul, na Coreia do Sul, duas semanas depois. Por isso, o Coldplay gravou diversas cenas na companhia de uma tela verde.

François Audouy/Reprodução

Uma hora e meia após o seu lançamento, o clipe de “My Universe” já ultrapassa 3 milhões de visualizações. O vídeo deve potencializar os números do single, que já acumula grandes resultados e deve surfar no topo das paradas mundiais nos próximos dias.

Um exemplo da força da faixa está no Lyric Video da versão original, que chegou ao YouTube no dia 24 deste mês e já se aproxima da marca de 37 milhões de visualizações. O resultado já superou até mesmo os números do clipe oficial de “Higher Power”, que é o primeiro single do novo álbum do Coldplay e que hoje tem um vídeo que acumula cerca de 24 milhões de visualizações.

“My Universe” faz parte da tracklist de “Music Of The Spheres”, álbum do Coldplay que tem estreia marcada para o dia 15 de outubro. As faixas “Higher Power” e “Coloratura”, que também integram o nono disco de estúdio da banda, já estão disponíveis.

Vitor Babilônia

Vitor Babilônia é Editor-Chefe do Viva Coldplay e Roteirista da Rede Globo. Sua formação passa por instituições como Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e Vancouver Film School. Ele é fã da banda desde 2004.

error: Content is protected !!