Coldplay faz show e concede entrevista nas ruínas de Whitby Abbey; assista!

Parte do Big Weekend 2021, a apresentação contou com muitas projeções, fogos de artifício e setlist de 10 faixas

29 maio, 2021

Foi ao ar na última quinta-feira, 27 de maio, o show que o Coldplay gravou para o “Big Weekend 2021”. Promovido pela BBC Radio 1, o evento levou a banda para o interior da Inglaterra e garantiu uma bela performance no Whitby Abbey – que é uma ruína de um monastério fundado em 657 d.C.

Gravada no dia 19 de maio, a apresentação impressiona pela grandiosidade e beleza. Além de projeções refletidas nas paredes das ruínas e fogos de artifício que tomaram o céu do principal ponto turístico da cidade de Whitby, cerca de 10 mil lâmpadas recicladas foram posicionadas no gramado e representaram fãs que não puderam comparecer por conta da pandemia. Chris, Guy, Jonny e Will ainda concederam entrevistas interessantes que revelaram, entre outras coisas, que uma música inédita foi apresentada no local. Segundo Chris Martin, o registro da performance da música nova só será disponibilizado no futuro (provavelmente quando a tal canção for lançada)..

Assista ao show completo:

SETLIST

1. Music of the Spheres (a partir de 0:27)
2. Higher Power (01:20)
3. Something Just Like This (04:57)
4. The Scientist (09:53)
5. Magic (15:32)
6. Human Heart (23:38)
7. Adventure of a Lifetime (26:58)
8. Viva la Vida (31:48)
9. Fix You (35:46)
10. A Sky Full of Stars (40:57)

SOBRE SHOW E ENTREVISTA

Ainda com a luz do sol, Coldplay subiu ao palco que enquanto as câmeras mostravam belas imagens aéreas de Whitby Abbey. Repetindo o palco em formato circular e cercado por luzes (algo bem parecido com o que já tinha acontecido nos BRITs e no Glastonbury), o gramado do local foi coberto por pontinhos luminosos que pareciam representar uma plateia – elemento importante dos shows da banda e ausente em meio à pandemia.

Enquanto Chris, Guy, Jonny e Will se posicionavam, o público ouviu uma música de introdução que a BBC Radio 1 chamou de “Music of the Spheres”. Com a confirmação da rádio e o fato de que o mesmo som foi ouvido no Glastonbury dias antes, a expectativa dos fãs sobre o nome se concretizou. “Music of the Spheres” repercute desde que apareceu em uma imagem misteriosa dentro do encarte de “Everyday Life”, álbum de 2019 (saiba mais aqui).

Depois da introdução animadora, a banda se posicionou no palco para apresentar “Higher Power”. Muitos fogos de artifício marcaram a performance e preencheram o céu no ritmo do single.

“Something Just Like This” foi a segunda da setlist e no último refrão também contou com fogos. No fim, Chris perguntou a Jonny como a plateia tinha reagido. O guitarrista, então, simulou aplausos no teclado e arrancou risadas dos companheiros de banda. “Isso me lembrou a resposta do público no nosso primeiro show: um silêncio absoluto”, lembrou Martin.

Em “The Scientist”, o piano se destacou ao relevar elementos que a banda vem mostrando na Era “Higher Power”, tudo brilhando em luz neon. Também foi durante a faixa do álbum “A Rush of Blood to the Head” que uma chuvinha fina caiu e guiou as câmeras por belos ângulos de Whitby Abbey.

Em “Magic” a cor azul tomou conta das ruínas e Jonny se destacou na guitarra. Logo depois da performance da faixa do álbum “Ghost Stories”, a BBC exibiu o trecho de uma entrevista que Greg James, radialista, DJ e apresentador do show, fez com Chris e Jonny. Filmada antes da performance nas ruínas, a entrevista mostrou vocalista e guitarrista bem-humorados, celebrando fato de tocar em um lugar tão bonito e inédito na carreira da banda.

Logo depois, foi a vez de Guy e Will – que falaram sobre “Higher Power”, single lançado em maio. “Sentimos que era uma ótima música para marcar o nosso retorno, por conta da energia e da mensagem. Parecia um bom momento para o mundo ouvir esse tipo de canção”, disse Guy, completando que é uma faixa que será boa de apresentar ao vivo quando as turnês retornarem.

Após a transmissão do Big Weekend, a BBC divulgou a entrevista completa na internet. Em uma das partes, Chris conta que a banda apresentou uma música nova que não poderá ser divulgada por um tempinho. O que pode significar que o Coldplay está preparando o lançamento de uma faixa e aproveitou o belo cenário para já gravar uma performance (para só lançar quando divulgar a música). Will e Guy também falaram sobre a tal canção. “Entre as músicas novas (que a banda já tocou) é a minha favorita”, disse o baterista, enquanto o baixista adicionou: “É muito diferente. Não parece com nada que fizemos antes”.

Na sequência, Chris contou que Jonny sempre dorme entre as apresentações e escutou do amigo que “tocar guitarra é cansativo”. O vocalista brincou que essa é a justificativa para a performance da canção “Human Heart” ter sido gravada fora de Whitby Abbey. Repetindo a parceria que já tinha acontecido dias antes no Glastonbury, Chris dividiu a cena com “We Are KING”, um duo formado por irmãs. A performance foi gravada em uma loja da cidade chamada “The Fisherman’s Wife” e mostrou os três sentados, usando camisetas brancas de LED. Ao fundo, o mar reforçou a sinergia entre as vozes. Apresentada pela segunda vez, “Human Heart” ainda não foi lançada pelo Coldplay.

We Are KING e Chris Martin durante a performance de Human Heart. BBC/Reprodução

Já com a noite preenchendo o céu, as câmeras voltaram para as ruínas e foram recebidas com a performance de “Adventure of a Lifetime”. As luzes predominantemente azuis deram espaço para círculos coloridos que foram refletidos nas paredes de Whitby Abbey e lembraram as bolas coloridas que, na “A Head Full Of Dreams Tour”, viajavam pela plateia durante a performance da mesma música. “Viva la Vida” veio na sequência e marcou um dos pontos altos da apresentação. Com luzes nas cores da bandeira da França (uma conexão com a capa e o conceito do álbum “Viva la Vida or Death and All His Friends”), a performance levou, para as paredes das ruínas, vídeos que fãs de diversos locais do mundo gravaram e enviaram para o site da banda.

O hit “Fix You” foi a penúltima faixa do show e inicialmente pintou Whitby Abbey de vermelho e amarelo. Já no trecho que marca o crescimento da melodia, as ruínas refletiram projeções em arco-íris verticais, em sintonia com o som. No final, fogos de artifício coloriram o céu. Para fãs de Coldplay, a faixa provavelmente marcou o momento mais emocionante do Big Weekend 2021.

“A Sky Full of Stars” encerrou o show. Com tons de azul e muitas estrelas refletidas nas paredes, a apresentação do sucesso de 2014 chamou a atenção pelas luzes do gramado — que brilharam freneticamente, além de muitos fogos de artifício (muitos mesmo, estilo virada de ano novo).

A BBC Radio 1 disponibilizou o áudio completo do show; clique aqui para escutar. Para quem está no Reino Unido, também há a opção de assistir à apresentação no player oficial da BBC.

Vitor Babilônia

Vitor Babilônia é Editor-Chefe do Viva Coldplay e Roteirista da Rede Globo. Sua formação passa por instituições como Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e Vancouver Film School. Ele é fã da banda desde 2004.