Coldplay dá sinais de lançamento através de códigos decodificados por fãs

Descobertas em diversas cidades ao redor do mundo e na internet, mensagens continuam repercutindo

23 abril, 2021

Na sexta-feira (23), o Twitter começou a vibrar com mensagens misteriosas que apontam para o início de uma nova era do Coldplay.

A princípio, uma conta intitulada “Alien Radio” (presente no Twitter, no Instagram, no Facebook e no TikTok), chamou a atenção dos fãs da banda. Com a primeira mensagem publicada no dia 18 de abril, o perfil anunciou que uma “transmissão” iria começar em breve. Pouco depois, no dia 21, um novo post detectava sinais e indicava que um scan tinha sido iniciado no site http://alienradio.fm.

Com cara de rádio, a página recebe visitantes oferecendo uma busca por sinais e logo permite um passeio por frequências até que o sinal correto seja sintonizado. Sequências de números aparecem a partir de uma ideia visual que lembra o conceito de “Music of the Spheres” — nome que a banda revelou no encarte de seu oitavo álbum de estúdio e que recentemente foi registrado como marca no Reino Unido (leia mais sobre “Music of the Speheres” clicando aqui).

Na tarde do dia 23 de abril, a conta fez um novo post informando que o sinal foi encontrado. Na sequência, outra publicação revelou um pôster digital na parede da Green Park, estação do metrô de Londres. Exposto em um local que marcou a divulgação do último álbum do Coldplay (“Everyday Life”), o pôster conta com códigos misteriosos.

No mesmo dia, os códigos apareceram nas ruas de Nova York. Dá uma olhada:

Seguindo as pistas, a página ColdplayXtra parece ter conseguido decodificar a mensagem e publicou o passo a passo do caminho que trilhou para traduzir o código. O conteúdo decifrado diz: “Coldplay; Higher Power; May Seven”. Isso pode significar que algo será lançado no dia sete de maio (talvez um single chamado “Higher Power”?).

Via alienradio.fm
ColdplayXtra/Reprodução

Continuando o processo de decodificação, a página ColdplayXtra também decifrou a mensagem: “Essa felicidade é elétrica e você está circulando através dela. Estou muito feliz por estar vivo em uma época em que você também está. Coldplay, Higher Power, sete de maio”.

A partir daí, surgiu uma teoria que se conecta com as informações já decodificadas. Na última sexta-feira (23), SpaceX e Nasa lançaram quatro astronautas rumo à estação espacial. Foi a primeira equipe a ser lançada no espaço com material reciclado de um voo anterior — o que coincide com o interesse crescente do Coldplay de produzir turnês e se envolver com causas sustentáveis. A conta “Alien Radio” segue 42 pessoas — além de ser um número característico da banda, um dos seguidores é Thomas Pesquet. Ele é um dos astronautas a bordo do foguete lançado no dia 23 de abril. Além disso, no site que reúne frequências e sequências numéricas há uma mensagem sobre tocar música no espaço.

Já o Coldplaying apurou que um dos sinais encontrados no site revela aspas que também estão em uma obra de Aristóteles intitulada “On The Heavens’”. A mesma citação foi encontrada em uma página intitulada “Musica Universalis” — um conceito, definido pelos gregos, que aborda a existência de uma harmonia divina e matemática entre o macrocosmo e o microcosmo. O maior ponto de conexão está no fato de que esse conceito também é conhecido como “Music of The Spheres”.

As conexões não param por aí. No fórum do site Coldplaying, Kyle comentou que o nome “Alien Radio” está escrito em uma parede do estúdio do Coldplay. A imagem analisada pela fã foi exibida em 2009 no programa “The South Bank Show”.

Print de Kyle/ Twitter @coldplaykb

Também no Twitter, a conta “@coldplayer2997” notou que um dos sinais fala sobre trem/túnel de gravidade. Essa ideia se conecta com a informação de que, dentro de um tubo, 42 minutos e 12 segundos é o tempo necessário para ir de um lado a outro da terra – o que levantou especulações de que o suposto novo álbum da banda pode ter 42 minutos e 12 segundos.

Ainda no site da “Alien Radio”, há uma mensagem em grego e tudo indica que, em português, o conteúdo diz algo como: “Olá, olá, olá, você pode me ouvir? Sim, sim, eu posso ouvir você. A gravação está falhando, você pode consertar isso? Eu acho que você pode, mas é um mistério”. Nesse sentido, fãs especulam que essa pode ser uma referência ao hit “Fix You”.

Seguindo a movimentação de fãs detetives, a conta “luvreignoerme” inseriu um dos códigos no ‘Google Chrome Music Lab’ e descobriu que o som resultante parece com uma demo da era Viva intitulada “The Fall of Man” (Escute a descoberta aqui e ouça a demo aqui).

Sinais continuaram aparecendo na navegação pela rádio e ganharam um tom de nacionalidades. Em um deles, há um galês (nascido em País de Gales) que fala sobre Leo Fender – fundador da Fender Musical Instruments Corporation. A soma de galês (Welsh) com guitarras Fender pode significar uma referência ao guitarrista Jonny Buckland.

Também há um áudio em que um escocês fala sobre o lançamento de um satélite que partiu da parte rural da Escócia (o que tem tudo para ser uma referência ao escocês Guy Beryman).

No sinal em coreano, há uma voz que fala sobre cientistas e progresso — o que pode significar uma referência ao hit “The Scientist” (“Questions of science, science and progress, do not speak as loud as my heart”)

Ainda no site, foi encontrado um espaço que está reservado para a inclusão de um vídeo. Há um código para uma janela pop-up que parece que, no futuro, vai hospedar um vídeo. Também há a palavra “Mensagem” escrita na tal língua alienígena que a Alien Radio se comunica.

Print de Coldplaying/Reprodução

Em meio aos movimentos de descoberta, o visual do ícone do site da Alien Radio FM foi atualizado.

Alien Radio FM/Reprodução

Pouco depois, fãs continuaram analisando os áudios do site e entenderam que o sinal em espanhol faz uma menção ao cubano Arnaldo Tomaya Mendes. Ele foi o primeiro cosmonauta latino-americano e integrou o programa espacial “Intercosmos”, uma iniciativa soviética. Além de isso se enquadrar na possível temática do próximo lançamento do Coldplay, Arnaldo é órfão – o que pode ter uma ligação com a faixa “Orphans” (do álbum “Everyday Life”).

Também há um sinal em italiano, que aborda Galileu Galilei — um italiano que marcou a história por meio de seus conhecimentos como astrônomo, físico e engenheiro. Ele é chamado de “pai da astronomia observacional” e estudou o princípio da relatividade e diversos fenômenos que coincidem com a ideia de Music of the Spheres (por exemplo, gravidade, movimento de projéteis e mais). Além da coincidência temática, também há uma relação com Jonny Buckland — que estudou astronomia.

O conteúdo em finlandês cita as aspas “Don’t ever let go” diversas vezes. Essa pode ser uma referência ao álbum Ghost Stories, já que na faixa “O” Chris Martin repete, muitas vezes, um verso que diz a mesma coisa.

Já no sinal em francês foi identificado um papo sobre enxergar luzes estranhas se movendo no céu e um complemento de que essa visão é diferente de tudo o que esses observadores já tinham visto. Esse fragmento lembra a letra de “U.F.O.” (do álbum “Mylo Xyloto”). “Then that light hits your eye (…) Sunlight comes streaming through the holes”.

Em um conteúdo relacionado à Estónia, falou-se sobre Neon Moon (Lua de Neon). Enquanto um sinal em árabe mencionou “Higher Power” e falou sobre marcar um gol aos 93 minutos de um jogo de futebol, ou seja, um acontecimento grande já nos acréscimos de uma partida.

No domingo (25), as contas da Alien Radio publicaram um vídeo com coordenadas que têm como destino a cidade de Seoul (Seul), na Coreia do Sul. É possível enxergar, em um painel digital, os códigos que já vimos em Londres e em Nova York.

Pouco depois, foi a vez de um registro que mostra o estádio Monumental David Arellano — localizado em Santigo, capital do Chile. Ao fundo, os códigos se destacam em uma placa digital exposta durante a partida de futebol disputada por Colo Colo e Universidad de Chile. O post foi para as redes da Alien Radio ainda com a partida em andamento.

Ainda sobre as mensagens em idiomas diferentes, foi descoberta uma em português (clique aqui para escutar). Em 60 segundos, captados por Jeff, a voz diz: “Recebendo transmissão. Número 3, 0 , 101, 102, 103, 104, 105, 106, 107, 108, 109, 110, 111, 112, 113, 114, 115, 116, 117, 119, 121, 122, 123, 125, 1205, 1215, 1235, 127, 128, 129”. A novidade é foi descoberto que a sequência representa um código que, na escala de cores pantone, resulta na cor amarela. Ou seja, se você inserir os números ditos no áudio misterioso em um sistema numérico que identifica as cores de tinta com alta precisão (pantone), você vai conseguir enxergar diversos tons de amarelo — provavelmente uma referência ao sucesso atemporal “Yellow”.

Um novo sinal em espanhol foi descoberto na Alien Radio. O áudio conta a história de uma empresa que foi fundada em 1887 e que começou a fabricar tambores em 1967. Os fãs, então, fizeram uma pesquisa e perceberam que a data e o produto vendido batem com a Yamaha — marca da bateria usada por Will Champion. Escute clicando aqui.

No código HTML do site da Alien Radio FM foi adicionada a seguinte frase do escritor russo Tolstói: “Os mais fortes de todos os guerreiros são estes dois: Tempo e Paciência”.

Já no dia 26 de abril, as contas da Alien Radio divulgaram um registro que mostra os códigos em destaque no caminho para o aeroporto da cidade de Sydney, na Austrália.

Aumentando ainda mais a expectativa dos fãs do Coldplay, a página inglesa The Upcoming divulgou uma imagem que mostra os códigos, que tratam do próximo lançamento da banda, nas ruas do bairro Camden Town (Londres). A curiosidade é que, há alguns anos, o bairro foi o primeiro a receber um show do Coldplay.

Os códigos também foram vistos na cidade de Varsóvia, capital da Polônia. Clique aqui para conferir.

Desde que fãs da banda descobriram a Alien Radio, um código de pontinhos foi um dos que mais despertou curiosidade e empenho no processo de decodificação. Finalmente, na noite do dia 26 de abril, o fã J. Leaf descobriu que se trata de uma mensagem em Código Morse que de um lado diz “continue buscando” e que de outro diz: “Você é realmente alguém que eu quero conhecer”.

Twitter @John_xdumbass/Reprodução
Twitter @John_xdumbass/Reprodução

Uma nova citação foi encontrada no site da Alien Radio FM. “The moon I see now is the same moon I saw before. Except that before, when I looked at it, it was in anticipation of what it would be like when I got there. That’s behind me now” (“A lua que eu vejo agora é a mesma lua que eu vi antes. Com exceção de que antes, quando eu olhava para ela, eu enxergava uma antecipação do que eu ainda iria viver ao chegar lá. Agora (que eu estive na lua) isso ficou para trás”), diz a descoberta. A citação é de Buzz Aldrin, que, como piloto da missão Apollo 11, pisou na superfície da Lua em 1969.

No Twitter, lembramos que no dia 01/11/2019 a banda publicou um vídeo que simulava uma coletiva de imprensa para anunciar transmissão de show que seria realizado em Amã, capital da Jordânia, a fim de celebrar o lançamento do álbum “Everyday Life”. No registro bem-humorado, é possível visualizar um alienígena no local reservado para os jornalistas — seria um aviso?

O envolvimento do Coldplay com a Alien Radio foi confirmado hoje, 27 de abril, pela própria banda. Pelas redes sociais, o grupo publicou um vídeo com a mesma identidade visual e verbal da radio, além de atualizar avatar e capa. A banda também começou a seguir a Alien Radio e repostou, nos stories, todas as imagens que mostram os códigos repercutindo em diversas cidades ao redor do mundo.

Promovendo a Alien Radio, na manhã de hoje a banda enviou e-mails para fãs cadastrados no mailing do site oficial e incluiu a frase “The joy is eletric” (Esta alegria é elétrica), conteúdo que coincide com uma frase que foi decodificada dias atrás e que está presente neste post.

Ampliando as plataformas que já estão prontas para receber a nova era, a banda criou uma playlist no Spotify e nomeou a lista com os emojis que, juntos, significam “Alien Radio”.

Spotify/Reprodução

Ainda no Spotify, ao dar play no hit “Yellow” há uma animação que sobrepõe o clipe e aparece rapidamente. Além de divulgar o domínio da Alien Radio, a mensagem apresenta códigos que, quando decodificados, dizem: “Sometimes I just can’t take it”. A reprodução da faixa “The Scientist” também já conta com uma surpresinha no Spotify e indica a mensagem: “I’m like a broken record”.

Decodificado por ColdplayXtra

Após “Yellow” e “The Scientist” chamarem a atenção no Spotify, um dia depois foi a vez de a faixa “Fix You” ganhar uma atualização que destaca outro código. Já decodificada, a mensagem diz: “You’re sparkling light”.

Spotify/Reprodução

Continuando a movimentação no streaming, no dia 27 de abril a música “Orphans” também recebeu uma atualização por lá. Agora, ao dar o play no single do álbum “Everyday Life” é possível ler um código enigmático — que significa: “I got my hands up shaking”.

Spotify/Reprodução

Também no dia 27, a Alien Radio compartilhou um vídeo em que os códigos, que divulgam o lançamento do Coldplay, aparecem na Warsaw Spire. Localizada em Varsóvia, ela é a mais alta torre de escritórios da Polônia.

Já no dia 28, foi descoberta uma mensagem localizada no topo do site da Alien Radio. Decifrada por Jeff, a frase diz: “Incoming Kaotican Transmission” (Recebendo transmissão em Kaotican). Segundo a página Coldplaying, o termo “Kaotican” pode significar o nome do idioma fictício em que a Alien Radio se comunica.

Imagem: Coldplaying/Reprodução

Outra novidade é que a argentina Pilar Zeta será a responsável pela arte da nova Era do Coldplay. Pilar foi indicada ao Grammy pelo trabalho de direção de arte no “Everyday Life” e ainda foi responsável pela arte do “A Head Full of Dreams”. A confirmação, do novo vínculo com a banda, foi feita pelo estúdio Rabbit Hole, que celebrou a participação no projeto e marcou a artista em uma publicação sobre o tema. Na sequência, Pilar se manifestou nos comentários.

Ainda repercutindo as novidades da banda, os fãs apuraram que o dia sete de maio também marca o “Dia Nacional do Espaço“, nos Estados Unidos. Levando em consideração que no mercado atual as gravadoras costumam lançar o trabalho de grandes artistas as quintas-feiras, não é estranho supor que a banda fez uma escolha diferente motivada pela data comemorativa (já que o dia sete de maio cairá em uma sexta-feira).

A divulgação continua ganhando vida em diversos lugares do mundo. Também no dia 28, os códigos da Alien Radio apareceram na Teufelsberg, uma galeria de arte localizada em Berlim (Alemanha).

Tentando auxiliar os fãs na leitura das mensagens publicadas no universo da Alien Radio, a página ColdplayXtra divulgou um guia parcial que contribui com a leitura a partir do alfabeto alienígena usado pela Alien Radio. O guia foi elaborado pela ARGNet, rádio estadunidense

Imagem: ARGNet/Reprodução

Novas estações apareceram no site na tarde do dia 28 de abril. Em um dos sinais, há uma referência às estrelas Alnitak, Alnilam e Mintaka. Elas são conhecidas como “as Três Marias” e pertencem ao Cinturão de Órion. Escute o áudio aqui.

NOVIDADES (29 de abril)

Em uma atualização inesperada — que fez a gente imaginar um cenário com shows, a conta oficial das “Xylobands” no Instagram publicou um story com os já famosos emojis de alienígena e rádio.

Na manhã do dia 29 de abril, as contas da Alien Radio FM publicaram um registro que mostra os códigos no bairro de Shepherd’s Bush, em Londres (Reino Unido). Diferente das divulgações que surgiram antes, dessa vez a logomarca do YouTube Music aparece na tela ao lado do site da Alien Radio.

Também no dia 29, as contas de Coldplay e Alien Radio FM compartilharam um vídeo que mostra que o sinal foi encontrado. Tudo indica que a publicação revela o alfabeto “Kaotican” (que parece ser o idioma fictício com o qual a Alien Radio se comunica). Olha só:

Mais uma novidade no Spotify! Agora, ao dar play em “A Sky Full of Stars” é possível ler uma mensagem que, decifrada, diz: “This joy is electric” (esta alegria é elétrica)! A atualização coincide com o aniversário da música, já que no dia 29 de abril o single completa sete anos de lançamento.

Spotify/Reprodução

Após tantos sinais decifrados, o Coldplay finalmente anunciou o single “Higher Power” na tarde do dia 29 de abril! Em um post no site oficial, a banda contou mais sobre o processo de criação da música e celebrou o fato de que os fãs decifraram os códigos e acertaram título e data de lançamento.

O anúncio levantou novas dúvidas. Por exemplo, a primeira imagem da nova Era foi divulgada e é um registro de Dave Meyers, incluindo a direção de arte de Pilar Zeta. Meyers é um diretor celebrado na indústria musical e já dirigiu clipes como “Adore You” (Harry Styles), “Me!” (Taylor Swift), “No Tears Left to Cry” (Ariana Grande) e o premiado “Humble” (Kendrick Lamar). Fãs especulam que a assinatura na imagem pode indicar que o profissional dirigiu um suposto clipe de “Higher Power”.

Foto: Dave Meyers, com direção de arte de Pilar Zeta.

Além de estimular discussões sobre um possível clipe, a imagem expõe o figurino pensado para a nova era. As roupas também ficaram visíveis em um registro que foi publicado pela banda e que mostra Will, Guy, Chris e Jonny andando tranquilamente por Camden Town, bairro de Londres.

Confirmando as teorias e especulações deste post, o site oficial do Coldplay disponibilizou uma página com o alfabeto “Kaotican”. A novidade permite que fãs relacionem os códigos com o alfabeto tradicional e ainda revela a pronúncia correta de cada elemento do idioma ‘alienígena’.

Vitor Babilônia

Vitor Babilônia é Editor-Chefe do Viva Coldplay e Roteirista da Rede Globo. Sua formação passa por instituições como Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e Vancouver Film School. Ele é fã da banda desde 2004.