Coldplay mostra que está longe do fim e estende vínculo com a gravadora

A banda assina contrato de longa duração com o Warner Music Group e segue com os selos Parlophone e Atlantic Records

06 outubro, 2021

Nesta quarta-feira (6), a revista Variety revelou que o Coldplay resolveu estender seu vínculo com o grupo Warner Music. A banda assinou um contrato de longa duração com os selos Parlophone e Atlantic Records, gravadoras que representam o Coldplay no Reino Unido e nos Estados Unidos – respectivamente.

Uma pessoa importante na decisão que motivou o Coldplay a estender o vínculo foi Max Lousada, CEO do Warner Music Group. À Variety, Lousada falou sobre o novo contrato da banda. “Coldplay se tornou a maior banda do planeta e eles conseguiram fazer isso por se desafiar e reinventar seu som constantemente. Eles sempre foram grandes campeões e pessoas admiradas entre os colegas artistas, e a parceria recente com o BTS é apenas mais um exemplo do quanto a influência e a inspiração que a banda provoca são elementos que podem ultrapassar fronteiras. Nós estamos honrados com o fato de que Chris, Guy, Will e Jonny escolheram renovar a sua parceria com a Warner enquanto continuam a fazer música com uma incrível criatividade e originalidade, ao mesmo tempo em que encantam os milhões de fãs que eles têm ao redor do mundo”, comemorou Lousada.

Do lado do Coldplay, a banda também não esconde o contentamento de permanecer com as equipes que já cuidavam de seus lançamentos. “Nós estamos muito felizes em assinar com Max, Tony, Mitch, Julie e todos os responsáveis por Parlophone, Atlantic e Warner ao redor do mundo”, declarou a banda. “É um privilégio trabalhar com pessoas tão apaixonadas e dedicadas, e estamos muito gratos por essa ser a casa da nossa banda”, concluíram os membros do Coldplay em declaração à Variety.

A notícia chega pouco antes da banda lançar seu 9º álbum de estúdio, o “Music of the Spheres”. Com lançamento marcado para 15 de outubro e produção assinada por Max Martin, o disco já mostra que o Coldplay está longe de ter motivos para parar. A faixa “My Universe”, segundo single do álbum, é a música número 1 no mundo! A colaboração com o BTS estreou no topo da Billboard Hot 100, principal parada de singles dos Estados Unidos, e chegou ao primeiro lugar da Billboard Global 200, parada que reúne as faixas mais tocadas no mundo. A música ainda apareceu no lugar mais alto do ranking divulgado pela revista Rolling Stone, posição inédita tanto para Coldplay, quanto para BTS.

O grupo formado por Chris Martin, Jonny Buckland, Guy Berryman e Will Champion vendeu mais de 100 milhões de álbuns ao redor do mundo e ganhou sete prêmios Grammy desde seu álbum de estreia, o Parachutes (2000).

O primeiro contrato do Coldplay com a Parlophone foi assinado em 1999. Na época, o selo era parte da gravadora EMI, mas em 2012 o cenário mudou quando o Universal Music Group adquiriu a EMI e precisou vender o selo Parlophone. Isso aconteceu por conta de uma condição imposta pela Comissão Europeia, que exigiu que o UMG vendesse várias marcas. Com isso, o Warner Music Group adquiriu o selo e o Coldplay passou a integrar o catálogo da Atlantic Records nos Estados Unidos. O primeiro trabalho lançado nesse novo cenário foi o álbum “Ghost Stories”, que chegou às lojas em 2014 e foi número 1 nos Estados Unidos.

Vitor Babilônia

Vitor Babilônia é Editor-Chefe do Viva Coldplay e Roteirista da Rede Globo. Sua formação passa por instituições como Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e Vancouver Film School. Ele é fã da banda desde 2004.

error: Content is protected !!