Chris Martin irá se apresentar no Grammy 2021

O vocalista vai representar o Coldplay, que foi indicado a Álbum do Ano com o disco "Everyday Life"

07 março, 2021

Neste domingo (7), a Academia de Gravação confirmou que Chris Martin fará uma performance na premiação. Além do anúncio das redes, o site oficial do Grammy Awards já apresenta o nome do vocalista do Coldplay no line-up. A lista de apresentações confirmadas ainda conta com nomes como Taylor Swift, Dua Lipa, Harry Styles, John Mayer, Post Malone, BTS e Cardi B.

A presença de Chris faz todo o sentido, já que o Coldplay é um dos indicados a Álbum do Ano com o Everyday Life. Além da nomeação na categoria mais importante da noite, o oitavo disco de estúdio do Coldplay também tem uma indicação em nome de Pilar Zeta, artista argentina que assinou a direção de arte do trabalho e colocou o “Everyday Life” na disputa pelo prêmio de “Best Recording Package” (Melhor pacote de gravação, em português).

A 63ª edição do Grammy estava originalmente marcada para o dia 31 de janeiro, mas teve a data alterada para 14 de março por conta de preocupações com a disseminação da Covid-19. O novo coronavírus deve ser, também, o motivo de a cerimônia contar apenas com um dos integrantes do Coldplay no line-up. Em meio à pandemia, Chris Martin, que mora nos Estados Unidos, provavelmente terá mais segurança para se envolver com a premiação estadunidense. Com apresentação de Trevor Noah, o show do próximo domingo será transmitido pelo canal TNT.

Histórico do Coldplay no Grammy

O Coldplay acumula 30 indicações no Grammy (31 incluindo a indicação na categoria Best Recording Package, que é creditada ao trabalho de Pilar Zeta por “Everyday Life”). A única banda que tem mais nomeações que o Coldplay é o U2, que tem 46 indicações.

Em relação ao número de vitórias, a banda já tem 7 prêmios Grammy. A primeira conquista aconteceu em 2002, com o “Parachutes”. O álbum de estreia do grupo venceu a categoria Melhor Álbum de Música Alternativa.

Na trajetória até aqui, o grande destaque aconteceu em 2009, ano em que o Coldplay venceu Melhor Álbum de Rock com o disco “Viva La Vida or Death and all His Friends” e as categorias Canção do Ano e Melhor Performance de Pop por Duo ou Grupo com a faixa “Viva La Vida”. Também foi nessa edição que a banda recebeu a indicação a Álbum do Ano (era a única nomeação até agora). Depois de 2009, o Coldplay foi indicado diversas vezes. A penúltima delas em 2017, edição em que o EP “Kaleidoscope” competiu na categoria Melhor Álbum Vocal de Pop e a canção “Something Just Like This” concorreu na categoria Melhor Performance de Pop por Duo ou Grupo.

Já em novembro de 2020, a banda engordou a lista de indicações quando o “Everyday Life” garantiu nomeações nas categorias Álbum do Ano e Melhor Pacote de Gravação. No histórico, o Coldplay tem importantes vitórias no Grammy — incluindo Gravação do Ano (com “Clocks”).

Vitor Babilônia

Vitor Babilônia é Editor-Chefe do Viva Coldplay e Roteirista da Rede Globo. Sua formação passa por instituições como Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e Vancouver Film School. Ele é fã da banda desde 2004.