Coldplay divulga iniciativas para mitigar o impacto ambiental de seus shows

Anúncio da "Music of the Spheres World Tour" já chegou acompanhado de série de ações sustentáveis que prometem revolucionar a indústria da música

18 outubro, 2021

Coldplay revelou na última quinta-feira, 14 de outubro, as primeiras datas e locais da “Music of the Spheres World Tour”. O anúncio da turnê, que carrega o mesmo título do 9º álbum de estúdio da banda, já chegou acompanhado de iniciativas sustentáveis que prometem revolucionar a indústria da música.

A novidade coincide com um compromisso eco-friendly que a banda firmou em 2019. Na época, Chris Martin concedeu entrevistas afirmando que o Coldplay só voltaria a viajar ao redor do mundo quando pudesse tornar suas turnês menos prejudiciais ao meio ambiente.

Divulgado no site da banda, o plano sustentável é robusto e sinaliza diversos compromissos ambientais — incluindo a ação de plantar uma árvore para cada ingresso vendido, shows gerados com energia 100% renovável, corte de emissões diretas de carbono em 50% (comparado com a turnê anterior) e até energia cinética gerada a partir do contato que fãs da banda terão com o chão à medida que pularem e dançarem.

Mesmo com os esforços para mitigação dos efeitos negativos da turnê que começará em 2022, a banda sabe que os shows ainda terão uma pegada de carbono significativa e, por isso, já anunciou que vai recompensar o malefício se comprometendo a reduzir ainda mais CO2 do que a turnê vai produzir. Para isso, serão apoiados projetos focados em diversas frentes, por exemplo, reflorestamento, energia renovável, conservação, regeneração e armazenamento de carbono.

A seguir, leia a íntegra da série de iniciativas sustentáveis publicadas pela banda e traduzidas, para português, pela equipe do Viva Coldplay.

Iniciativas de Sustentabilidade

Princípios

Assumimos o compromisso de fazer com que a nossa próxima turnê, Music Of The Spheres World Tour, seja a mais sustentável e com a menor quantidade de emissão de carbono possível, guiada por três princípios-chave:

REDUZIR
Reduzir o nosso consumo, reciclar extensivamente e cortar as nossas emissões de CO2 em 50%.

REINVENTAR
Apoiar tecnologias verdes e desenvolver novos métodos de fazer uma turnê, que sejam sustentáveis e tenham baixa emissão de carbono.

RESTAURAR
Garantir que a turnê tenha o maior benefício ambiental possível investindo em um portfólio de projetos baseados em natureza e tecnologia, além de diminuir de maneira significativa o CO2 produzido pela turnê.

Iniciativas

EMISSÕES DE CO2

Nos comprometemos em cortar as nossas emissões diretas em 50% comparado com nossa turnê anterior (2016-17), e trabalhar com parceiros e fornecedores que reduzam seus impactos e emissões onde for possível. Quanto às emissões remanescentes de CO2, estamos criando um fundo global de carbono para a redução de carbono através de soluções baseadas em natureza e tecnologia.

Em 2019 contratamos uma equipe de peritos em sustentabilidade para investigarem o nosso impacto no meio ambiente e nossa pegada de carbono.  Isso tem nos ajudado a identificar áreas chave onde podemos evitar, reduzir e atenuar as nossas emissões de carbono.

Utilizando nossa última turnê de estádio como referência, definimos um alvo baseado em ciência para reduzir em 50% as nossas emissões de CO2 utilizando o método de ‘contração absoluta’.

Nos comprometemos em compensar o uso de fontes de emissões inevitáveis de acordo com os Oxford Principles for Net-Zero Aligned Carbon Offsetting (Princípios de Oxford pela Compensação de Carbono Alinhada).

AÇÕES

MEDIR
Continuaremos colhendo dados de impacto no meio ambiente e calcularemos uma pegada ambiental precisa utilizando o Framework de Protocolo dos Gases de Efeito Estufa e fatores de conversão apropriados.

REDUZIR
Adaptaremos todas as operações da turnê para reduzir emissões, alinhados com as melhores práticas científicas: do palco às viagens, do frete ao consumo de energia.

MITIGAR
Vamos evitar combustíveis fósseis e utilizar energia limpa e materiais sustentáveis sempre que possível.

REDUÇÃO DO CO2
Apesar dos nossos melhores esforços, a turnê ainda terá uma pegada de carbono significativa. Nos comprometemos em reduzir mais CO2 do que a turnê produz apoiando projetos focados em reflorestamento, reabilitação da vida selvagem, conservação, regeneração do solo, captura e armazenagem de carbono (DACCS) e energia renovável. Como parte desse compromisso, a turnê financiará o plantio – e proteção vitalícia – de milhões de árvores novas, incluindo uma árvore a cada ingresso vendido. Todos esses projetos de redução estão inclusos na seção NATUREZA (um dos últimos capítulos deste texto).

ENERGIA

Vamos abastecer a nossa produção de palco quase totalmente com energia renovável, com pouquíssima emissão. Vamos evitar combustíveis fósseis sempre que possível.

SOLAR
Instalaremos telhas solares antes de cada show, no chão do estádio, nos átrios exteriores e no palco. A bateria do show carregará assim que chegarmos no local.

BIOCOMBUSTÍVEIS SUSTENTÁVEIS
Combustível HVO (Óleo Vegetal Tratado com Hidrogênio) é composto de óleo reciclado e não contém óleo de palma. O HVO pode abaixar emissões em até 90%. Sempre que possível, utilizaremos o HVO nos ônibus e caminhões, o que significa baixa emissão dos shows também.

SISTEMA DE BATERIA
Desenvolvemos, em parceria com a BMW, a primeira bateria móvel recarregável de shows — feita com baterias recicláveis BMW i3 — que fornecerão energia renovável aos nossos shows em qualquer lugar. Teremos muitas fontes para recarregar as baterias, incluindo óleo de cozinha dos restaurantes, energia solar, energia renovável e até mesmo energia cinética dos nossos fãs.

ENERGIA CINÉTICA
Instalaremos um chão cinético dentro e ao redor do estádio, fazendo com que os movimentos dos nossos fãs sejam convertidos em energia para ajudar a abastecer o show. Além disso, instalaremos bicicletas que geram eletricidade — o que vai permitir que nossos fãs possam pedalar para contribuir com a energia usada no show.

ENERGIAS RENOVÁVEIS
Onde quer que seja, utilizaremos energia de fontes 100% renováveis (por isso estamos começando a turnê na Costa Rica, onde 99% da principal energia é renovável. Leia mais).

VIAGEM

Apesar de a rota da turnê ser cuidadosamente planejada levando em conta a redução de viagens, alguns voos serão inevitáveis. Na maior parte do tempo, a banda voará por meio de voos comerciais. No entanto, em alguns casos, voos fretados/particulares terão que ser contratados para atender banda, equipe e ainda levar equipamentos.

Para toda e qualquer viagem aérea inevitável, pagaremos uma taxa adicional para utilizar ou fornecer Combustível de Aviação Sustentável (SAF), seja ele para o nosso uso próprio ou de terceiros.  SAF é feito de resíduos renováveis e pode reduzir emissões da viagem aérea em até 80% ao longo da vida útil do combustível, quando comparado com combustível de aviação padrão.

Sempre que possível, utilizaremos bicicletas elétricas ou biocombustível para frete terrestre e transporte.

SHOW NO PALCO

Enviaremos um representante para todas as casas de shows e estádios antes da data da apresentação. A ideia é antecipar questões e solicitar melhores práticas ambientais.

Em vários locais, com o intuito de minimizar emissões do frete de equipamentos, adaptaremos o design do show para podermos utilizar equipamentos, materiais e recursos locais.

Selecionaremos materiais de construção e efeitos de show baseados nas credenciais ambientais:

PALCO
O palco que vamos construir será feito de uma combinação de materiais reutilizáveis, leves e de baixa emissão de carbono (incluindo bambu e aço reciclado) que podem ser reutilizados ou reciclados ao final da turnê.

PULSEIRAS LED
As LED wristbands (pulseiras LED) utilizadas pelo público como parte do show serão feitas de materiais vegetais 100% compostáveis.

Além disso, reduziremos a produção de pulseiras em 80% — coletando, esterilizando e recarregando as pulseiras após cada show.

Os componentes eletrônicos serão reutilizados em pulseiras que serão distribuídas em futuras turnês.

ILUMINAÇÃO E ÁUDIO
O show aumentará a eficiência de equipamentos como telas LED de baixo consumo, sistemas de laser e iluminação e um sistema de som com até 50% menos consumo de energia – quando comparado com a última turnê – e que também reduzirá de maneira significativa a poluição sonora nos arredores dos locais de show.

EFEITOS ESPECIAIS
O confete utilizado no show será 100% biodegradável e vai precisar de muito menos gás comprimido para ignição, pelo menos se compararmos ao que era necessário para impulsionar os papéis picados nas turnês anteriores.

Além disso, estamos usando uma nova geração de pirotecnia sustentável. Como resultado, os fogos de artifício terão menos carga explosiva e novas fórmulas para reduzir ou eliminar produtos químicos prejudiciais. Para completar, toda a tubulação e sistema de suporte será biodegradável ou reciclável.

FÃS

A viagem do público (a ida até os estádios) representa uma parte imensa das emissões de carbono de qualquer turnê.

APLICATIVO
Estabelecemos uma parceria com a SAP para desenvolver um aplicativo gratuito para a turnê que incentiva os fãs a utilizarem transporte de baixa emissão para ir aos shows e voltar.

PRÊMIOS
Os fãs que se comprometerem a viajar com baixa emissão de carbono terão um cupom de desconto para utilizar nos locais dos shows.

REDUÇÕES DE CO2
Baseado no uso que os fãs fizerem do aplicativo, calcularemos a pegada de carbono total da viagem de ida e volta aos shows. Nos comprometemos em reduzir todas as emissões utilizando soluções baseadas na natureza, como a renaturalização e a conservação. Como parte disso, plantaremos pelo menos uma árvore nova a cada ingresso vendido, cada árvore terá sustento vitalício garantido.

ATIVAÇÕES
A turnê terá ativações no local, gerado por energia solar e cinética. Essas ativações terão experiências interativas e educativas destacando as inovações em tecnologia limpa e o mundo natural.

ÁGUA

Otimizaremos o nosso consumo de água.

O nosso representante de sustentabilidade (que vai visitar os espaços antes de nossa chegada) pedirá que os locais instalem torneiras com arejadores e privadas com baixo consumo de água, além de solicitar que cada local promova uma redução na pressão de água (a fim de não gerar desperdício).

Água potável gratuita estará disponível em cada show, incluindo disponibilização de copos de alumínio reutilizáveis (para fãs e equipe).

De qualquer forma, incentivamos fãs a trazerem suas próprias garrafas.

DESPERDÍCIO

Vamos diminuir o desperdício e promover a reciclagem em nossos shows.

REUTILIZE
Trabalhando com as casas de show, vamos nos esforçar para eliminar a venda de garrafas plásticas de uso único. Elas serão substituídas por alternativas reutilizáveis e recicláveis, como copos de alumínio.

RECICLE
Vamos trabalhar com os estádios para incentivá-los a estabelecerem programas de reciclagem dentro dos seus espaços (isso se ainda não tiverem programas com essa proposta).

APOIE
A turnê também ajudará em processos de limpeza que vão além dos shows propriamente ditos, já que parte da renda da turnê será usada para patrocinar o trabalho de duas frentes do The Ocean Cleanup:

A primeira dela se aplica aos “River Interceptors”, que removem milhares de toneladas de lixo de alguns dos rios mais poluentes do mundo, interceptando o resíduo antes dele chegar no mar.

A segunda frente que vamos apoiar se trata das “Unidades de Limpeza do Oceano”, iniciativas que estão trabalhando na Grande Ilha de Lixo do Pacífico. O compromisso é tentar limpar 90% do lixo que flutua no oceano — e o plano é fazer isso até 2040.

COMIDA

As emissões de carbono da comida podem representar até 20% da pegada de carbono de uma pessoa. Além disso, produção, transporte e desperdício de comida são fatores que estão entre as maiores causas das mudanças climáticas. Nesse sentido, vamos trabalhar essa questão a partir do processo que envolve a alimentação da equipe.

VEGETAL
Todos os nossos cardápios terão, como padrão, opções vegetais e livres de carne.

LOCAL
A produção orgânica virá de fornecedores locais ou fazendas que praticam técnicas de agricultura regenerativa.

CRIADO EM LABORATÓRIO
Estamos apoiando o desenvolvimento de comidas sintéticas e criadas em laboratórios.

BANCOS ALIMENTARES
Vamos fazer parcerias com bancos alimentares locais a fim de que a gente possa doar a comida que sobrar depois das apresentações.

COMPOSTAGEM
O lixo orgânico, como cascas e restos de vegetais, será compostado sempre que possível.

PRODUTOS

Todos os produtos, da nossa loja oficial, terão origem sustentável e ética. Sempre que possível, todo plástico e poliéster será trocado por alternativas naturais (como algodão orgânico).

– Todos os produtos e embalagens serão 100% livres de plástico.

– Produtos reaproveitados estarão disponíveis em todos os shows, bem como na loja online.

– Todos os produtos serão fabricados por produtores que comprovem uma boa ética de trabalho, incluindo salários justos e boas condições de trabalho.

– Embalagens plásticas serão substituídas por papel ou cartolina reciclada, além de sacos compostáveis.

– Também vamos incentivar as casas de show a adotarem esses padrões nos quiosques em que venderão comida.

BOAS CAUSAS

Como sempre fizemos, vamos investir 10% de todo o nosso faturamento (turnê, discos, publicações etc.) em um fundo focado em incentivar boas causas. Esses fundos serão divididos entre projetos de conscientização socioambiental e de caridade. Por exemplo, ClientEarth, The Ocean Cleanup e One Tree Planted. Também estamos trabalhando, como doadores fundadores, em uma parceria com a EarthPercent.

ClientEarth | The Ocean Cleanup | One Tree Planted

The Food Forest Project | Sea Shepherd UK | Project Seagrass | Seafields | My Trees Miti Yangu | Farm Under the Radar | Project Quercus | Sustainable Food Trust | Global Tech Advocates | Knowledge Pele | climeworks | Cleaner Seas Group

NATUREZA

Reconhecemos que, apesar dos nossos melhores esforços, a turnê ainda terá uma pegada de carbono significativa. Por isso, nos comprometemos em compensar e reduzir mais do que produzimos, em termos de carbono na nossa turnê, apoiando vários projetos de natureza ao redor do mundo — que são iniciativas focadas em reflorestamento, renaturalização, conservação e regeneração do solo.

REFLORESTAMENTO
A turnê financiará o plantio – proteção vitalícia – de milhões de árvores novas, incluindo uma árvore por cada ingresso vendido.

Os projetos iniciais – selecionados por sua biodiversidade e qualidade a longo prazo – estão elencados abaixo (projetos futuros, no Sudeste da Ásia, África e Austrália, ainda serão anunciados). Todas as iniciativas serão apoiadas via One Tree Planted.

América do Norte
California – Mendocino and Sonoma Counties Restoration

América Central
Haiti – USAID Reforestation project Priority Microwatersheds

América do Sul
Andes – High Andes Polypesis Forest
Brasil – Raízes do Mogi Guaçu

Europa
Romania – Reviving the Carpathians

SOLO
A saúde do solo é crucial para a saúde do planeta. Por isso, iremos apoiar projetos que restaurem o solo com o foco em regenerar a terra, bem como promover biodiversidade e ‘sequestrar’ milhões de toneladas de CO2.

Paisagens biodiversas (como florestas antigas) sequestram até 80% mais CO2 devido à complexidade da estrutura do solo.  Por esse motivo, vamos evitar plantações monoculturas.

Food Forest Project
The Sustainable Food Trust

OCEANOS
Além do trabalho da iniciativa Ocean Cleanup, vamos apoiar a conservação do oceano e proteção de espécies marítimas, restauração de campos e administração de florações de algas. Nosso trabalho com oceanos vai se concentrar em ações lideradas pelos projetos a seguir.

The Ocean Cleanup
Sea Shepherd
Project Seagrass
Seafields

RENATURALIZAÇÃO
Investiremos em projetos que restaurem terras degradadas ao seu estado não-cultivado, promovendo a biodiversidade e capturando emissões de CO2, gerando apoio aos ecossistemas, como defesas naturais contra enchentes.

Project Quercus
Farm Under the Radar

CONSERVAÇÃO
Temos orgulho em patrocinar o MyTrees Trust / Miti Yangu no Zimbábue.  Esse projeto liderado pela comunidade protegerá uma vasta área selvagem, apoiando a regeneração da floresta e dando um habitat para as espécies em ameaça de extinção.

My Trees Trust / Miti Yangu

CONSERVAÇÃO NO MAR
Vamos apoiar os esforços do Sea Shepherd para impedir os efeitos danosos da sobrepesca e ameaças à vida marítima, em especial baleias e golfinhos.

Sea Shepherd

TRANSPARÊNCIA

Nos comprometemos a medir os nossos impactos ambientais – positivos e negativos – para que possamos efetuar melhorias ao longo do caminho. Para isso, trabalharemos em parceria com os peritos em mudança climática do Grantham Institute do Colégio Imperial de Londres – Mudança Climática e Ambiental. O instituto será responsável por acompanhar, estudar e publicar o nosso progresso ao longo da turnê.

Trabalharemos ainda com a Green Nation, a plataforma de sustentabilidade da Live Nation. A ideia é que a banda atue como uma espécie de conselheira especial de artistas. Isso garantirá que as práticas sustentáveis desenvolvidas na nossa turnê sejam compartilhadas, adotadas e espalhadas ao resto da indústria.

Vitor Babilônia

Vitor Babilônia é Editor-Chefe do Viva Coldplay e Roteirista da Rede Globo. Sua formação passa por instituições como Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e Vancouver Film School. Ele é fã da banda desde 2004.

error: Content is protected !!