Coldplaying.com entrevista Matt McGinn

02 janeiro, 2011

Clique no link abaixo para ler as agradáveis respostas de Matt McGinn para as perguntas de membros do Coldplaying.com. McGinn é autor da biografia Roadie: My Life on the Road with Coldplay.

Eu realmente gostei do livro Roadie: My Life On the Road With Coldplay. Eu fiquei intrigada quando o Matt falou do riff que ele inventou enquanto estava conversando com o Chris e que resultou em parte de Square One, do X&Y. Essa é uma das minhas músicas preferidas (e meu álbum preferido). Eu estava me perguntando qual riff é do Matt.Jill Finan
Obrigado. Estou muito contente que você tenha gostado do livro. Significa muito para mim que as pessoas estejam gostando. O riff é uma seqüência discreta de três notas no refrão. Há pouco tempo, no estúdio, tivemos um debate acalourado sobre qual era nosso riff preferido e todos deram a sua opinião. O Jonny mencionou o do final de The Scientist e o Brian Eno citou o Bendy Beauty, da autoria de Carlos Alomar, e que está no Heroes, do David Bowie. O meu preferido é Adhesive, da autoria do Duty Prefects, minha banda lá pelos anos 1980. O primeiro lugar é desse riff!

Sinto curiosidade em saber se algum de vocês mantém algum diário pessoal de turnê. Temos conhecimento das impressões do Roadie 42, do oráculo e do anchorman, mas eu gostaria de saber se, alguma vez, eles escreveram as suas próprias memórias para eles mesmos, para que não fosse compartilhado com ninguém. Não necessariamente um diário de turnê, mas quando algo memorável acontece, vocês registram por escrito? – Kimberly
Não tenho certeza se a banda faz isso, mas, quando eu estava escrevendo o livro, fazia rascunhos em fitas adesivas e lenços dados em aviões – você nunca sabe quando uma idéia vai surgir, não é?

Eu comprei uma das cordas da guitarra do Jonny no leilão e gostaria de saber qual é a marca que ele usa. – Angie Castille
Muito bem! Qual você comprou? Forty, Blacky ou Cheapy? Elas são todas ótimas, de maneiras diferentes e nós realmente sentimos falta delas! O Jonny usa D’Addarios, mas eu ouvi dizer que todas as cordas têm a mesma origem hoje em dia. Ficaríamos satisfeitos em usar Ernie Ball se tivéssemos que fazer isso.

Quantas vezes você viu Pretty Woman, para usar uma citação do seu livro. – Jenjie
Pelo menos vinte e três. Eu gosto da parte em que ele fecha o dedo dela na caixa de jóias. Eu sinceramente acho que ela não sabia o que ele ia fazer.

Minha pergunta é meio egoísta, mas eu gostaria de saber se você poderia dar algum conselho para alguém procurando trabalho na indústria fonográfica, especialmente na parte administrativa. Eu estou quase me formando na faculdade e estou decidindo quais passos seguir para conseguir realizar o meu sonho de trabalhar para uma banda tal como você faz. Obrigada!Chelsea Gilchrist
Não é uma pergunta nada egoísta, Chelsea, só difícil de responder. Pessoalmente, eu só me mantive cegamente fiel à música porque eu não sabia mais o que fazer. Depois, tive sorte, conheci o Coldplay e segui em frente toda a vida! Mas sério, por que não conhecer o pessoal da indústria de entretenimento e mergulhar na organização de shows enquanto você está na faculdade? Muitas pessoas desse ramo começam assim. É uma ótima maneira de ganhar prática e fazer contatos. Boa sorte.

Muitos dos instrumentos usados na música Viva La Vida parecem distorcidos ou soam como uma combinação de instrumentos que nem sempre eles tocam. O piano que acompanha a música parece que foi refinado e a parte instrumental a partir de 1:38 parece uma combinação de guitarra, steel guitar e cravo com distorção. Quais instrumentos foram usados e/ou refinados em Viva La Vida? – Phil Stewart
Essa pergunta é para o Rik Simpson, sério. Apesar que acho que usaram bastante o Eventide H8000. Não é uma gravação comum, com toda a certeza. Tudo o que eu lembro é que essa música quase não entrou no álbum. Incrível, né?

Qual é a sua experiência mais memorável desde que você começou a trabalhar com o Coldplay?Deshani.
Me afogar em Abu Dhabi. O show mais molhado da minha vida. Tinha uma equipe toda segurando guarda-chuvas para mim no meu canto do palco e eu tive de dar para o Jonny uma toalha gigante para ele secar as guitarras que eu entregava para ele. Depois do show, a gente pegou um vôo no meio da tempestade, na mesma noite. Medonho. Foi isso ou foi me vestir de Elvis e fingir tocar violino to Top of the Pops!

Para o novo álbum, vocês estão usando instrumentos novos? Um instrumento em particular (ou mais de um) influenciou o álbum mais intensamente? Estou perguntando porque, no último álbum, vocês usaram instrumentos diferentes, tais como violino, tabla e sons do Oriente Médio em Yesmarie lamensch
O Jonny ficou viciado em Stratocasters [modelo de guitarra], uma grande mudança para nós dois, já que nossas favoritas por muitos anos foram a Telecasters. Além disso, também tem um instrumento acústico que o Guy realmente gosta de tocar, chamado epiphone inspiration. Ele tem quatro cordas e o tamanho de um banjo, sabe-se se lá de onde e de quando. Parece que nós temos o único já visto.

O que você gostaria para o Natal? – emily parker
Só um abraço bem apertado da minha filhinha. E meias de lã bem grossas!

Confira amanhã (2ª) a entrevista do Coldplaying com Phil Harvey e na 3ª, com o roadie Miller.

error: Content is protected !!