“Ainda não acreditamos que conseguimos a nossa obra-prima” – diz Chris Martin

12 janeiro, 2011

A edição dessa semana da NME trás a lista dos 60 álbuns que você precisa ouvir em 2011. O Coldplay ficou na posição número 5. Na revista a banda conta mais um pouco como está sendo o processo de gravação, com a revelação do que parece ser mais título de uma das músicas do novo álbum. Confira a tradução no leia-mais.

Ame-os ou odeie-os,  a quadrilha de Chirs Martin ainda objetiva a sua “obra-prima”.

Dentro do estúdio do Coldplay, norte de Londres, The Bakery, Chris Martin fica rodeado por listas, ou o que ele chama de “transtorno obsessivo-compulsivo exibido, na forma escrita: o trabalho do cantor, penso”. Em desktops, em paredes, em quadros, em pedaços de papel… em todo lugar que você olha é uma lista de um tracklisting em potencial, são os 10 mandamentos de Brian Eno – que está relacionado ao próximo, mas ainda sem título (mais lista),  quinto álbum do Coldplay.

Detalhes mais sólidos são escassos no momento: O conjunto de músicas já foi estreitado dezenas e dezenas de vezes, embora Chris confirme que ainda há “um monte de estreitamento a fazer… o que é melhor do que tentar complicar. Estávamos com Brian Eno durante um longo período apenas brincando. Agora estamos com o Marcus [Dravs], tentando transformar isso em algo coeso e com menos de sete horas de duração. O pior erro que poderíamos fazer, seria fazer uma coisa super-longa”

Dravs foi trazido por causa do Arcade Fire. “Quando estávamos pensando em fazer a última gravação, eu estava conversando com Win [Butler]”, diz Chris. “Nós tínhamos acabado de se reunir com Brian Eno, e ele disse:” Precisamos também de uma outra pessoa, porque eu gosto de fazer o semeador de sementes, as coisas mais abstratas, mas também precisamos de um lenhador, o cara que vai organizar tudo “. Win disse: Você deveria tentar esse cara, ele é louco, mas ele é muito bom”. “Ele é louco?” “Não, ele é maravilhoso, e ele é extremamente talentoso, mas ele é brutal: “Isso é terrível “, ou “Isso é ótimo”. Ele é extremo. E ele está fazendo um grande trabalho com todos. Ele bate muito o chicote. Um dos perigos de ficar um pouco bem-sucedido é que ninguém te pressiona muito. Mas nós não temos esse problema no momento”.

A abundância de idéias e conceitos foram descartados, incluindo uma que veio do baterista Will Champion, envolvendo-o em pé, tocando um tambor e um violão. “Começamos a trabalhar nessa idéia há cerca de três semanas”, sorri o baixista Guy Berryman, “então todos nós partimos para o Natal, e voltamos depois de termos visto o mesmo programa de TV, Mumford & Sons. E foi assim”, Oooooooooh não. “Isso tem que sair”.

Algumas das músicas daquele período – incluindo o single ‘Christmas Lights’ – sobreviveram. Havia um monte que emergiram durante as checagens de sons. Agora há um final de 12… mas todas sem títulos definidos. “Temos uma música chamada ‘Every Teardrop Is A Waterfall’ diz Chris.“Esse é o meu título favorito, embora eu não tenho certeza qual delas será. Houve cerca de 12 diferentes. É como jogar Snap. O original ‘Every Teardrop Is A Waterfall’ foi rotulado de “terrível” pela seção rítmica, e por isso teve de ser rejeitado. Assim, mesmo antes de liberar qualquer coisa para o mundo, tem sido cortada!”

Chris está mais certo da sua direção lírica: “Eu encontrei isso com” Viva la Vida …’, a música que eu gostei de escrever a partir da perspectiva de alguém, para na verdade sair o que eu estava sentindo.  Eu tenho uma música a partir da perspectiva de uma menina chamada “Princess Of China”, que é muito feminino. Eu me pergunto o que isso diz sobre mim? “

A volta do Coldplay está definida para esta primavera, a tempo de uma grande quantidade de apresentações em festivais (incluindo o Pyramid Stage, em Glastonbury, se os rumores estiverem certos). Chris reconhece que a banda não pode ficar muito maior em termos de audiência, dizendo que o objetivo deste álbum é “cantar para as pessoas em seus quartos individuais, tanto quanto para um monte de gente”. Ele está ciente de que muitos vão odiar o novo álbum da banda, de qualquer forma isso não importa mais. “Nós ainda não acreditamos que conseguimos a nossa obra-prima, por isso ainda estamos tentando fazê-lo. Enquanto nos sentimos assim e nós estamos com fome… isso é tudo que importa.”

Gravando: Coldplay’s London home studio Produtores: Brian Eno/Marcus Dravs Lançamento: Sem data definida, esperado para a primavera.


@diegolsc

error: Content is protected !!