As palavras de Chris Martin

03 janeiro, 2009

Entre os mais chegados, Chris Martin não é conhecido apenas pelo Coldplay, mas também por suas declarações cômicas. Veja uma seleção de citações do músico feita pelo The GuardianDuas garotas vieram falar comigo depois e disseram “Vimos você cantando”, deram risadinhas e saíram correndo, como se quisessem dizer “Foi uma merda”. Desde então, minha vida inteira tem sido a repetição desse dia

 Sobre a vitória de Barack Obama

Lembra do retorno do Take That? É a mesma sensação para os Estados Unidos (2008)

Sobre o Coldplay

Para cada música lançada, há 20 ainda piores (2008)

Sobre tocar ao lado de bandas grunge

É como colocar um show de poodles no meio de um rodeio no Texas (2001)

Sobre o casamento

Acho que eu gostaria de me casar pelo menos 12 vezes (2006)

Sobre tocar para 100.000 fãs no Glastonbury

Depois, eu fui para casa dos meus pais e levei uma bronca por não ter tomado todo o meu leite (2002)

Sobre ter cantado em público pela primeira vez aos 11 anos

Duas garotas vieram falar comigo depois e disseram “Vimos você cantando”, deram risadinhas e saíram correndo, como se quisessem dizer “Foi uma merda”. Desde então, minha vida inteira tem sido a repetição desse dia (2008)

Sobre seus vícios

Chocolate… E algemas (2003)

Sobre “coisas”

Avalio nossos shows por o quão razoável o hamburguer vegetariano custa. Se verificar que foi muito caro, não posso fazer um bom show (2008)

Sobre dormir

Não consigo dormir, então tomo um monte de pílulas. Não gosto muito de admitir isso, mas elas levam seu cérebro para outra dimensão (2008)

Sobre fantasias

Gostaria de levar a Rachel Weisz para empinar pipa em Hampstead Heath. Ia ser bonitinho (2002)

Sobre seu lado perverso

Tinha essa mulher que, por algum motivo, tinha estacionado na frente da nossa casa… E ela me deixou tão bravo que eu falei que ela deveria ir pro Vigilantes do Peso (2006)

Sobre ter aulas de canto

Agora, sou quase tão bom quanto a Celine Dion (2002)

Sobre auto-confiança

Costumo pedir desculpas com muita freqüência, mas, no fundo, sou um cara muito confiante. Estou confiante do fato de que cometo muitos erros (2002)

Sobre sua esposa, Gwyneth Paltrow

Ela é uma grande estrela de Hollywood e eu sou só o cara do Coldplay (2002)

Sobre lançar um álbum

É como uma ereção: é difícil, mas liberta tudo (2005)

Sobre o Coldplay

Somos a melhor banda do mundo, mas tudo que eu queria é que o meu cabelo não estivesse caindo (2002)

error: Content is protected !!