“Everyday Life”, novo álbum do Coldplay, chega às plataformas digitais

Vitor Porto
22 nov 2019

O oitavo álbum de estúdio do Coldplay já está oficialmente entre nós! Mesmo com a data de lançamento marcada para hoje, 22 de novembro, o disco chegou às plataformas de música um pouco antes da meia noite.

Intitulado “Everyday Life”, o trabalho reúne 16 canções e apresenta duas partes, cada uma com oito faixas. As primeiras músicas compõem a parte “Sunrise” (nascer do sol), enquanto as outras oito integram a parte “Sunset”(pôr do sol).

Registrando poucas horas desde o lançamento, “Everyday Life” já alcançou o primeiro lugar no iTunes de mais de 50 países, incluindo o Brasil! O álbum é o primeiro disco de estúdio do Coldplay desde “A Head Full Of Dreams”, lançado em dezembro de 2015. Escute a novidade:

Escute também em Apple Music | deezer | Tidal

Antes do lançamento, a banda liberou clipes para as faixas ‘Orphans’ e ‘Daddy’, além de Lyric Videos para ‘Arabesque’, ‘Everyday Life’ e ‘Champion Of The World’. As prévias deixaram fãs e crítica especializada com grande expectativa.

Entre os críticos, o novo álbum tem provocado diferentes reações, mas encontra consistência ao ser avaliado no quesito ousadia. Por exemplo, a edição britânica da conceituada GQ Magazine celebrou o Everyday Life como “o melhor álbum da banda até hoje, porque eles pararam de ligar para o que as pessoas pensam”. A revista ainda opinou que o disco reúne características que lembram outros trabalhos notórios da banda. “Os riffs de guitarra que contavam uma história e militavam em Viva La Vida, os pianos agressivos e doloridos de A Rush Of Blood To The Head e os acordes rock que soavam crus em Parachutes – tudo isso está em Everyday Life, mas agora em uma versão mais digestível ao grande público”, afirmou a crítica, que completou: “O álbum tem espaço para falar de romance, política e violência, estabelecendo uma conexão com os primeiros hits da banda e entregando novos hits pra cantar junto”.

Já a Variety fez uma avaliação negativa das tentativas da banda de “promover cultos” no álbum. Entre esses pontos, a revista opina que “BrokEn” é um momento desconcertante do álbum e que, em geral, o disco flerta com o exótico sem conseguir adicionar novas substâncias e autenticidade. Mesmo assim, a Variety exaltou “Arabesque” como uma escolha ousada e acertada da banda. “Arabesque é o mais próximo que Coldplay deve alcançar no recorte de jazz moderno. É um dos destaques do álbum, junto com “Orphans”- uma música que adota uma fórmula familiar para o Coldplay e que apresenta um melancolia seguida de euforia”, pontua a revista.

A NME chamou o “Everyday Life” de “experimento confuso”, mas destacou músicas como “Church”, faixa que a revista chamou de “melhor do álbum”. Provando que a aparente confusão não atrapalhou o resultado, a crítica classificou o álbum com quatro estrelas e afirmou que a banda está mais aventureira e tem se arriscado muito mais do que normalmente as pessoas esperam do Coldplay. A revista ainda exaltou os temas discutidos no álbum, como o controle de armas abordado na faixa “Guns”.

O britânico The Times opinou que o Coldplay voltou aos bons tempos com “Everyday Life” e efantizou “é o melhor álbum que Coldplay lançou em uma década”.

Como parte do movimento de lançamento do novo álbum, o Coldplay está tocando as novas faixas na íntegra em shows transmitidos diretamente do Oriente Médio. Na última madrugada, 1h da manhã (no horário de Brasília), o belo show que reuniu as oito faixas da parte “Sunrise” foi transmitido através do Youtube Originals. Ainda hoje (22), às 11h, será a hora dos fãs conferirem a segunda apresentação da banda em Amã, capital da Jordânia, e dessa vez serão as músicas da parte “Sunset” que ganharão o palco. “Essas duas transmissões têm sido o nosso sonho desde que começamos a trabalhar neste álbum. É um pouco impossível e assustador, como todos os melhores sonhos devem ser. O youtube é o lar perfeito para isso”, definiu Chris Martin sobre as apresentações na Jordânia.

Informações de Coldplay, GQ Magazine, Variety, NME e The Times.

Vitor Porto

error: Content is protected !!