Discografia

Everyday Life (single)

Singles

Lançamento: 03 • 11 • 2019

No dia 4 de novembro de 2019 Coldplay lançou, de surpresa, a música que dá título ao oitavo álbum de estúdio banda: “Everyday Life”. Com duração de 4 minutos e 19 segundos, a canção é uma bela combinação entre sensibilidade e potência. No Spotify, a música foi classificada como single e chegou acompanhada das já lançadas “Orphans” e “Arabesque”.

Poucas horas após liberar a faixa nas plataformas digitais, o Coldplay realizou a primeira apresentação ao vivo do novo single do álbum homônimo. A performance foi exibida pelo programa estadunidense Saturday Night Life e na mesma noite a banda também apresentou o single “Orphans”. No Reino Unido, a gravadora Parlophone enviou a música para as rádios adultas e contemporâneas no fim da primeira quinzena de dezembro. “Everyday Life” assumiu, portanto, a classificação de single promocional.

Os fãs já tinham ouvido falar da faixa em uma transmissão que precedeu o lançamento do clipe de “Orphans”, em outubro. Na ocasião, Will Champion respondeu perguntas no chat do Youtube e antecipou que “Everyday Life” era a sua música favorita do álbum. Will, bem como sua esposa Marianne Champion, atuam como backing vocals na canção.

O clipe de “Everyday Life” foi lançado no dia 09 de dezembro de 2019. Dirigido pela canadense Karena Evans, o vídeo começa com narração que conta a origem da palavra “Ubuntu”. A partir disso, o clipe alterna cenas que mergulham no cotidiano das pessoas com lindos momentos dos integrantes do Coldplay em uma praia dos Estados Unidos. Colocando pessoas de lugares como Ucrânia, Marrocos e, principalmente, África do Sul como verdadeiros protagonistas, o clipe é uma imersão no que diz a canção, ou seja, no cotidiano dos indivíduos. Com coreografias elaboradas por Tanisha Scott, que trabalhou com o Coldplay no clipe de “Orphans”, takes filmados em um ferro velho impressionam. Em uma intepretação possível, os movimentos da coreografia falam sobre liberdade e se conectam com a força que a palavra Ubuntu ganhou na luta contra o Apartheid e a sua imperdoável segregação racial apoiada pela legislação. Além de uma admirável forma de retratar a cultura e os costumes da vida cotidiana, o vídeo ainda fala sobre representatividade e suas diversas formas de expressão. Mulheres com hijab, homem orando na direção de Meca, pessoas manifestando fé de diferentes maneiras e mulheres homossexuais demonstrando afeto são alguns exemplos expostos no vídeo de uma maneira sensível.

Faixas: