Coldplay faz apresentação vibrante de “Paradise” durante o festival “Global Goal”

Vitor Babilônia
27 jun 2020

Neste sábado (27), Coldplay realizou uma participação marcante no festival virtual Global Goal: Unite For Our Future. Gravada previamente, a performance contou com Guy Berryman, Jonny Buckland, Will Champion e Chris Martin, cada um de sua casa, reunidos por meio de uma edição vibrante e repleta de animações.

A canção escolhida para a apresentação foi “Paradise” – lançada pela banda em setembro de 2011 como segundo single do álbum “Mylo Xyloto”. A frase “May your choices reflect your hopes not your fears” (“Que as suas escolhas reflitam as suas esperanças, e não os seus medos”), de autoria de Nelson Mandela, abriu a performance.

Via Youtube da Global Citizen

Na sequência, cada um dos integrantes da banda apareceu tocando seus respectivos instrumentos. Se destacando em takes que o mostravam cantando enquanto tocava piano e em pé com o microfone na mão, Chris Martin dividiu os vocais da música com Will Champion – que também brilhou na bateria. Guy Berryman chamou a atenção no baixo, enquanto Jonny Buckland teve o seu momento de destaque durante o seu já conhecido solo de guitarra. Tudo acompanhado de uma paleta de cores bem vasta e para cima.

A narrativa da apresentação seguiu a letra. “Quando ela era apenas uma garota ela tinha grandes expectativas, mas isso voou para além de seu alcance”, cantou Chris Martin antes de surgir uma garota em animação e fazer versos da música ganharem vida através de diversas ilustrações. Ao fim, um texto surgiu na tela e indicou que a performance foi uma homenagem ao jovem afro-americano Elijah McClain.

Jovem negro de 27 anos, o estadunidense Elijah McClain foi assassinado em agosto do ano passado após uma abordagem policial truculenta. Relatos indicam que os policiais mantiveram o jovem no chão por cerca de 15 minutos, e então paramédicos lhe deram um sedativo. Elijah sofreu uma parada cardíaca a caminho do hospital e, mesmo com a família acusando os policiais de uso excessivo de força, a autópsia realizada na época foi inclusiva e os policiais foram liberados.

Com uma morte em circunstâncias semelhantes a de George Floyd, caso que recentemente foi o estopim para o movimento “Black Lives Matter”, o episódio ganhou força nas redes sociais há poucos dias e as investigações foram reabertas após cerca de 2,7 milhões de pessoas assinarem uma petição virtual exigindo uma análise mais aprofundada.

Via Youtube da Global Citizen

Sempre envolvido com ações beneficentes, o Coldplay justificou a participação no “Global Goal” em seu site oficial. Em comunicado, a banda defendeu que a iniciativa tem o objetivo de combater o impacto desproporcional que a Covid-19 gera em comunidades de cor e com menos acesso às ações contra o vírus. A declaração ainda argumentou que o movimento é uma busca por equidade e que atua como um chamado para líderes mundiais disponibilizarem testes, tratamentos e, futuramente, vacinas para todos e em qualquer lugar.

Com nomes como Coldplay, Shakira, Jennifer Hudson, Miley Cyrus e Justin Bieber no line-up, o “Global Goal” começou a ser transmitido às 15h (no horário de Brasília) deste sábado e segue ao vivo no Multishow, MTV, Sony e TNT. Pela internet, é possível acompanhar a transmissão pelas redes da Global Citizen, incluindo canal no Youtube e páginas no Twitter e Facebook. O evento também tem transmissão simultânea na plataforma Globoplay e no canal do Multishow no Youtube. Na Televisão aberta, a TV Globo vai exibir a reprise do show neste sábado logo após o programa Altas Horas (por volta de 00:47).

Vitor Babilônia

error: Content is protected !!