Coldplay já tem show confirmado para 2020: primeiras informações sobre mega edição do Festival Global Citizen

Vitor Porto
27 set 2019

Enquanto não chegam notícias a respeito de novo álbum e de possível nova turnê do Coldplay, uma coisa já é certa: no segundo semestre de 2020 a banda estará de volta ao palco.

Em coletiva de imprensa realizada na última quinta (26), no Brooklyn (Nova York), Chris Martin anunciou que Coldplay vai se apresentar em evento global que ocorrerá no dia 26 de setembro de 2020. Iniciativa da Global Citizen, organização filantrópica que luta contra a pobreza, o dia de shows está no cronograma como parte de uma campanha que vai durar o ano inteiro e que recebeu o nome de “Global Goal Live: The Possible Dream”.

Via Coldplaying

O evento do dia 26 de setembro terá 10 horas de duração e acontecerá simultaneamente em cinco continentes. Já estão na lista as cidades de Nova York (EUA) e Lagos (Nigéria). Já se sabe que as outras cidades a serem anunciadas estarão na América Latina, na Europa e na Ásia. As apresentações contarão com transmissão simultânea e os fãs poderão acompanhar tudo através da internet.

Via Coldplaying

Durante o anúncio, Chris, que é responsável pela curadoria do Festival Global Citizen desde 2015, falou sobre como a iniciativa impactou a sua forma de fazer mais pelo mundo: “Há sete anos eu e a banda estávamos começando a pensar que deveríamos ser mais úteis, mas nós não tínhamos ideia de como fazer isso. Foi quando o Global Citizen apareceu”. E completou: “Quero tentar construir uma relação mais estável entre artistas e pessoas que estão tentando mudar o mundo”.

Via Coldplaying

Via Coldplaying

Via Coldplaying

Via Megan Palin

Via Chuck Robbins

Apesar da edição de 2020 sinalizar a maior já estruturada, o Festival Global Citizen é um evento que começou em 2012 e que desde então ocorre anualmente com o objetivo de usar o alcance da música para promover os 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) definidos em setembro de 2015 pela ONU.

Segundo a Sustainable Development Solutions Network (SDSN), os 59 países mais pobres do mundo precisam de 350 bilhões de dólares por ano para atingir as metas globais e um dos objetivos do festival é alcançar isso. Considerando essa realidade, a organização Global Citizen alerta que a necessidade de ajudar se intensifica, já que 2020 marcará uma contagem regressiva para 10 anos do limite que foi proposto para se alcançar os 17 ODS.

“Ajudar a tirar 736 milhões de pessoas de situações de pobreza extrema exigirá a participação de todos”, afirmou Hugh Evans- CEO da Global Citizen. Focado em 2020, ele também falou sobre a decisão de planejar a maior campanha já feita: “Nosso objetivo é envolver todas as pessoas do planeta (…) Para fazer isso nós precisamos alcançar os cidadãos onde eles estão: pessoalmente, na TV, nos telefones e online”, finalizou.

Os ingressos para os eventos nos cinco continentes seguirão a proposta dos outros anos de festival, ou seja, os convites serão gratuitos para usuários que se cadastram no site da organização e que acumulam pontos através de ações na plataforma.

Além de Coldplay, nomes como Muse, Lizzo, Shawn Mendes, Alicia Keys, Metallica, Ozzy Osbourne, Red Hot Chili Peppers, Usher, Cyndi Lauper, Billie Eilish e Miley Cyrus também estão confirmados. Já do lado dos apresentadores, Hugh Jackman, Idris Elba e Uzo Aduba são alguns dos artistas escalados.

Enquanto a super edição de 2020 não chega, o festival de 2019 acontecerá amanhã (28) no Central Park (NYC). Este ano se apresentarão nomes como Queen + Adam Lambert, Alicia Keys, Pharrell Williams e French Montana.

Informações via Global Citizen e Variety. Fotos via Coldplaying, Megan Palin e Chuck Robbins.

Vitor Porto

error: Content is protected !!