Linha do tempo: Visita do Chris à Índia

Lucas Caon
17 jul 2015

Matéria traduzida da Linha do tempo do coldplay.com


Após a recente visita de Chris à Índia para o Global Citizen e Oxfam, pedimos para a Gunjan Jain, da Oxfam Índia, escrever um artigo sobre essa jornada para a linha do tempo. Ela foi muito gentil ao fazer o texto:

Um dos meus relacionamentos mais sérios começou por causa de Yellow do Coldplay em 2002.

Ele estava ouvindo a música quando me ofereceu uma carona. Embora nós estudássemos na mesma sala, nunca tínhamos falado um com o outro. Eu hesitei por um momento, mas já tinha começado a cantarolar Yellow na minha cabeça. “Quão ruim poderia ser? Além do mais, ele tinha bom gosto na musical” pensei para mim mesma e entrei no carro. O resto, como dizem, é história.

Quando recentemente me juntei a Oxfam Índia, não tinha ideia de que um dia iria ter a chance de conhecer o próprio criador de Yellow. Música transcende a partir de seu criador para o ouvinte. Começamos a possuí-la como ouvintes. Uma velha canção traz de volta um mundo de memórias e associações do dia em que nos apaixonamos por ela – começamos a ouvi-la em loop. Gostaria de saber se o artista tem ideia de como ele entra nos cantos mais íntimos da vida de alguém com a sua música. Torna-se uma parte de nossas memórias e experiências. Vendo que a visão distante do criador em pessoa é uma realidade tão surreal.

Eu conheci a música dele. Amei a música dele. Mas o que eu não conhecia era o homem por trás de sua música. Chris Martin é embaixador global da Oxfam. Quando ficamos sabendo que Chris estava vindo para a Índia e queria visitar um programa Oxfam Índia, a emoção e planejamento eram evidentes. Mas logo me dei conta de que todos os planos para a visita foram inúteis. As diretrizes foram claras. Sem fotógrafos. Nada de câmeras de vídeo. Sem bombardeio da mídia. Eu implorei e insisti para ter pelo menos uma nota na impressa ou entrevista na TV, mas houve apenas um foco. Chris queria conhecer as famílias e as pessoas diretamente. Compreender as condições que cercam suas vidas e as questões em que a Oxfam Índia estava trabalhando. Ele queria tempo para interagir diretamente com a comunidade.

Chris Martin visitou um projeto apoiado pela Oxfam Índia em Madanpur Khadar, nos arredores de Deli, uma colônia de reinstalação de migrantes que vivem da venda de lixo reciclado. Oxfam Índia está trabalhando com seu parceiro EFRAH para garantir que cada criança na comunidade tenha acesso à educação. Eu vi como esse artista lendário sentou-se confortavelmente no chão da minúscula cabana das irmãs Pooja e Aneesha, com apenas uma porta permitindo qualquer ventilação. Ele ouviu a família sobre como eles estão educando suas cinco filhas e um filho, os sonhos de uma educação universitária. Ele é humilde em suas perguntas, mas habilmente conecta os pontos.

Minha colega em nosso escritório da Oxford, que já trabalhou com Coldplay por quase 15 anos, me disse em nossa primeira reunião que as maiores celebridades podem nos ajudar, mas que só faria a diferença quando alguém entendesse e se envolvesse com a questão e com o trabalho que estamos fazendo. É por isso que apoio de Chris à Oxfam foi tão especial. Eu só entendi o que ela quis dizer, quando vi Chris falando com as pessoas que vivem ali. Ele se conectava com elas naquele momento. Ele sentia a alegria e felicidade delas, sua luta e resistência. Ele sorri, não para elas, mas junto com elas. Eu acho que é por isso que sua música toca tantos corações. Ela conecta, do jeito que ele a faz. E cria Magia.

Untitled 2



Em Delhi com a incrível equipe da Oxfam Índia. Eu conheci um monte de pessoas inspiradoras hoje e me sinto tão sortudo de estar aqui. CM

Ontem à noite ouvi Raghu Dixit, Vishal Dadlani e AIB. Tivemos uma reunião da @GlblCtzn e foi tão inspirador. CM


Esta manhã, com a Oxfam Índia e o Global Citizen  conhecemos algumas pessoas bonitas em Madanpur Khadar . A principal fonte de renda aqui é ... 1/2

... Triagem através de lixo. Há ótimas pessoas tentando garantir que todas as crianças vão para algum tipo de escola. CM 2/2

Lucas Caon

God give me style and give me grace. God put a smile upon my face!