Arquivo Oráculo #Fevereiro 2015

Lucas Caon
3 mar 2015

A edição de fevereiro do Arquivo Oráculo fala sobre a inspiração para Every Teardrop is a Waterfall, as músicas descartadas do Ghost Stories, uma ‘dança de políticos’ em Violet Hill, a utilidade do ‘fuzzy man’, e como a mãe do Phil ajudou o Coldplay a chegar até a Parlophone. Boa leitura!


02 de Fevereiro, 2015 / Enviado por Isaiah, Estados Unidos

Assisti a um videoclipe de Violet Hill com o nome de Dancing Politicians, esse vídeo é oficial ou não?

Sim, é oficial! Mas é apenas uma versão alternativa e não o vídeo principal, por isso que não é visto com tanta frequência. Tínhamos o vídeo em nosso site na época que foi lançado.


10 de Fevereiro, 2015 / Enviado por Ethan, Estados Unidos

Gostaria de saber exatamente como foi que a banda gravou os primeiros EPs e o Parachutes. Eles assinaram com a gravadora antes ou depois de lançar os primeiros EPs? Ou se não assinaram, eles financiaram o próprio trabalho no início? Como foi que chamaram a atenção dos produtores e gravadoras?

Aqui está um breve resumo de como isso aconteceu:

A banda se conheceu na faculdade. Will ficou no lugar de um baterista que não apareceu para conhecer a banda e foi o último membro a entrar. Elaboraram uma lista com 10 coisas que deveriam fazer para consolidar a banda e o número 10 era ‘conseguir um contrato de gravação’.

Phil e Chris eram amigos desde a época da escola e a mãe de Phil emprestou ao filho dinheiro para financiar o Safety  EP pois tinha percebido o talento de Chris. Phil se tornou o gerente da banda, marcou alguns shows em Londres e com o dinheiro do show de  Dingwalls, quitou sua ‘dívida’ com a mãe.

Eles também tocaram em uma convenção da indústria musical, onde foram encontrados por um olheiro. Logo depois tinham um advogado na música, estiveram no programa de Steve Lamacq, registraram um EP para a marca Fierce Panda de Simon William (Simon levou Steve para o primeiro show do Coldplay), apareceram na imprensa musical como a NME e Melody Maker e ganharam a atenção de uma editora.

A gravadora foi realmente a última coisa a acontecer. Uma vez assinado com a Parlophone, em seguida, assinaram com a editora que recomendou Ken Nelson para produzir Parachutes.

Todos os itens acima praticamente aconteceram por causa de comentários dentro da indústria da música. Foi um efeito dominó de pessoas que confiaram nos gostos musicais uns dos outros.


16 de Fevereiro, 2015 / Enviado por Akash, Índia

Na entrevista do Coldplay com Fearne Cotton (Making of Ghost Stories), apareceu uma imagem com um rascunho de tracklist do Ghost Stories que incluía músicas como ‘The Race’, ‘Atlas’, ‘World Without You’ e ‘Mist’. Eu queria saber se os nomes das músicas mudaram ou se elas nunca foram gravadas.

Tenho certeza que conhece Atlas, que é a música presente na trilha sonora de ‘Jogos Vorazes: Em Chamas’. As outras músicas, como sempre acontece, são faixas que não chegaram a etapa final da produção do álbum.

Interview Ghost Stories making of.mp4_snapshot_05.12_[2015.03.03_13.46.31]


18 de Fevereiro, 2015 / Enviado por Ashlyn, Estados Unidos

De onde veio a ideia para animação do running man (corredor) em Charlie Brown?

O ‘fuzzy man’ (homem-borrado), como é comumente chamado, era um dos primeiros gráficos associados ao Mylo Xyloto. O plano original era usá-lo no clipe do primeiro single, mas não deu muito certo. Todos gostaram tanto da ideia que quando surgiu a oportunidade de usá-lo como parte dos shows, não só foi uma solução perfeita, mas um ajuste perfeito.

Nota (VivaColdplay): além de ser usado nas performances ao vivo de Charlie Brown, o ‘fuzzy man’ também era um recurso visual da abertura dos shows, durante Hurts Like Heaven.


23 de Fevereiro, 2015 / Enviado por Marie, Estados Unidos

O que determina se uma música vai ter ou não um videoclipe?

De modo geral, se uma música será um single, ela terá um videoclipe. Com o Ghost Stories nós tivemos a oportunidade de lançar vídeos de mais faixas obtidos da animação do Ghost Stories e do Live 2014.


24 de Fevereiro, 2015 / Enviado por Gwenn, França

Qual filme inspirou Chris a escrever Every Teardrop is a Waterfall?

Ah, eu realmente preciso assistir a este filme de novo. Foi o filme Biutiful, com Javier Bardem como protagonista. Havia uma cena em um bar decadente e estava tocando ‘Ritmo de la Noche’, na versão do grupo francês ‘Lorca’.

 


Todas essas perguntas foram retiradas e traduzidas do Oráculo do site oficial da banda.

Caso queria mandar uma pergunta (em inglês), clique aqui.

Ou mande para o Oráculo do VivaColdplay (em português), clicando aqui.

Clique aqui para ler a edição de Janeiro!

Arquivo Oráculo volta inicio de Abril com as melhores perguntas de Março.

Até a próxima!

Lucas Caon

God give me style and give me grace. God put a smile upon my face!