Chris Martin fala sobre a inspiração para o novo álbum.

Diego Luiz
24 nov 2010

Em entrevista para a revista Q Magazine Chris Martin disse que as letras do próximo álbum da banda são inspiradas pelos grafiteiros de Nova York e pelo movimento White Rose – um grupo de jovens alemães que durante a Segunda Guerra Mundial imprimiram panfletos antinazistas – e disse que admira essas pessoas que falam e se expressam em ambientes negativos – apesar de admitir que nem sempre tem esse tipo de atitude. Na mesma entrevista ele ainda deu dicas sobre o possível título do novo álbum, dizendo:

Eu não posso dizer nada sobre o título ainda. Provavelmente começará com um ‘M’. Duas palavras.

Atualmente o Coldplay se encontra em estúdio finalizando o novo álbum com previsão de lançamento para o ano que vem. Leia o resto do trecho da entrevista clicando no leia mais.

Eu admiro isso. Eu tenho gastado parte da minha vida “jogando” de uma forma segura ou conforme a alguma coisa, apesar de eu não concordar com isso. Então, eu tenho respeito e admiração por essas pessoas que não agem assim. As idéias vêm da arte do grafite dos anos 70 em Nova York, onde as pessoas se expressavam com a pintura. Depois houve o movimento White Rose. É ser livre para ser você mesmo e de se expressar em um ambiente negativo. Ser capaz de falar ou seguir sua paixão, mesmo que todo mundo seja contra ela .

Uma observação: existe uma banda Londrina de post-punk/electro que leva o nome de White Rose Movement. Também inspirados pelo movimento White Rose.

Diego Luiz

@diegolsc